Missa em Aparecida marca os 25 anos da Província Rogacionista São Lucas

No dia de São Lucas, 18 de outubro de 2011, os Rogacionistas celebraram

61 anos de presença no Brasil e 25 anos de criação da Província, que atualmente compreende as Casas Religiosas da Argentina, do Brasil e do Paraguai. São, ao todo, 70 religiosos, espalhados nas diversas obras e serviços destes três países

Os primeiros missionários Rogacionistas chegaram na América Latina em outubro de 1950, na cidade de Passos (MG). Era a primeira missão Rogacionista fora da Itália. No mesmo ano da chegada a Passos os Rogacionistas já começaram a expansão pelo continente. Bauru (SP), Criciúma (SC) e São Paulo (SP) foram as primeiras cidades a receber os Rogacionistas nos primeiros 20 anos da chegada. Brasília (DF), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS) vieram em seguida, de 1973 a 1978. Em 1988 os Rogacionistas trocam Porto Alegre por Gravataí (RS). Presidente Jânio Quadros (BA), em 1996, e Queimadas (PB), em 2009, completam as Casas Rogacionistas no Brasil.
Na área hispânica os Rogacionistas chegam em 1979, com a abertura em Campana, na Argentina, e em Rivera, no Uruguai. Em 1985 resolveu-se fechar a casa do Uruguai para a abertura de um seminário em Córdoba, Argentina, feito realizado em 1987. Em 1993 os Rogacionistas chegam a Tucumán, norte argentino, e em 2002 a San Lorenzo, no Paraguai.

O CAMINHO
A Província Latino-americana foi criada no dia 18 de outubro de 1986 pelo então Superior Geral, Pe. Pietro Cifuni, recém eleito no 7º Capítulo Geral da Congregação. No Jubileu de Ouro da presença Rogacionista no continente, ano 2000, o Governo Geral aprovou o pedido do Governo Provincial em colocar a Província Latino-americana sob a proteção de São Lucas, homenageando a data de 18 de outubro. Agora, neste Jubileu de Prata da criação da Província, atendendo a um novo pedido do Governo Provincial, o Superior Geral, Pe. Ângelo Ademir Mezzari, e seu conselho, aprovaram a mudança de nomenclatura, passando de Província Rogacionista Latino-americana para “Província Rogacionista São Lucas”.
Bom recordar algumas etapas históricas:
a) 1958: é criada a Consulta Brasileira, tendo como primeiro presidente o Pe. Mário Labarbuta;
b) 1968: é criada a Delegação Rogacionista do Brasil (DRB), com sede em Criciúma e, depois, em São Paulo. Houve dois governos nesta fase, com Pe. Domingos Malgieri (1969-1971) e Pe. Antônio Chirulli (1971-1973);
c) 1974: é criada a Quase-província Rogacionista Brasileira. Houve quatro governos neste período: Pe. Antônio Chirulli (1974-1977), Pe. Domingos Malgieri (1977-1981) e dois mandatos de Pe. Guido Vivona (1981-1986).

Nestes 25 anos de Província já tivemos sete governos e cinco provinciais. Vale lembrar que o mandato de governo passou de três para quatro anos a partir de 1998 (5º Capítulo Provincial). Eis os provinciais:
a) Pe. Jacinto Pizzetti (eleito no 1º Capítulo, no dia 12 de janeiro de 1987);
b) Pe. Luiz Paulo Dibitonto (2º Capítulo, 19 de janeiro de 1990);
c) Pe. Jacinto Pizzetti (3º Capítulo, 18 de dezembro de 1992);
d) Pe. Jacinto Pizzetti (4º Capítulo, 24 de outubro de 1995);
e) Pe. Osni Marino Zanatta (5º Capítulo, 23 de outubro de 1998. Afastou-se do cargo no dia 03 de julho de 2001 para tratamento de saúde);
f) Pe. Ademar Tramontin (completou o governo, a partir de 03 de julho de 2001);
g) Pe. Ângelo Ademir Mezzari (6º Capítulo, 23 de outubro de  2002);
h) Pe. Ângelo Ademir Mezzari (7º Capítulo, 23 de outubro de 2006).

A Província São Lucas está em seu oitavo governo e sexto provincial, Pe. Juarez Albino Destro, eleito no dia 25 de outubro de 2010. O mandato vai até setembro de 2014.

OBRAS
Os Rogacionistas na América Latina mantém 42 obras nos setores da formação, pastoral, socioeducativo e vocacional:
a) 09 Casas de Formação (um estudantado Teológico em São Paulo; um Noviciado e um estudantado Filosófico em Curitiba; um seminário Propedêutico em Bauru; quatro seminários menores – em Brasília, Criciúma, Passos e Presidente Jânio Quadros; além de um seminário em San Lorenzo);
b) 18 Obras Socioeducativas (13 na área educativo-assistencial: nove no Brasil e quatro na Argentina; e 05 na área da educação/colégios: três no Brasil – Bauru, Brasília e Criciúma – e dois na Argentina – Campana e Tucumán);
c) 13 Paróquias (10 no Brasil, duas na Argentina e uma no Paraguai);
d) 01 santuário (dedicado a Santo Aníbal Maria Di Francia, em Passos, casa mãe);
e) 01 Centro Rogate, em São Paulo.

AÇÃO DE GRAÇAS
Dentro das comemorações pelos 25 anos de criação da Província Rogacionista Latino-americana vale destacar o lançamento de seu novo site na Rede Mundial de Computadores (www.rogacionistas.org.br) e a mudança de nomenclatura para Província Rogacionista São Lucas, a partir do dia 18 de outubro. A missa em ação de graças foi realizada no Santuário de Nossa Senhora Aparecida, com a presença de Dom Júlio Endi Akamine - bispo auxiliar de São Paulo para a Região Episcopal Lapa, onde está situada a sede da Província -e da Família do Rogate.